Lugar reservado aos meus pensamentos, histórias, homenagens, artesanatos, coisas úteis ou não, e minhas bobagens!

terça-feira, 15 de abril de 2014

Coração apertado

Coisas que nem sei explicar, só sinto meu coração apertado e batendo rápido, pensamentos acelerados, bons e ruins ao mesmo tempo, tristeza profunda, medo de errar, medo de contar a verdade, medo e mais medo,  preocupações que tomam meu sono e sonhos. Vontade de chorar mas não consigo. Perda de apetite.

Não sei se alguém que lê aqui já sentiu tudo isso. Pode parecer bobagem, mas é o que ando sentindo. Tem dias que sou só alegria, mas tem dias que estou assim. Reclamei para o meu médico cardiologista e ele me perguntou o que aconteceu nos ultimos meses e contei. E ele disse: isso é estresse, somado as perdas que teve nos ultimos meses e má alimentação. Mas melhor você não tomar remédio pois tudo isso você irá superar, dê tempo ao tempo. Tente se distrair, fazer coisas que gosta.

Bom... dai busco a religião e auto-ajuda e lá vem a mesma coisa: dê tempo ao tempo que as coisas irão melhorar. Todo mundo com quem eu desabafo vem e me diz a mesma coisa, as coisas já estão dando certo, porque continua triste e preocupada? Sinceramente, não sei? As vezes acho que estou ficando louca, as vezes acho que estou doente e na maioria das vezes não sei. Não quero sentir isso, quero voltar a ser aquela mulher guerreira, que tem medos mas enfrenta, e que deita no travesseiro e dorme, pois não cometi crime nenhum. Meu erro foi ter tomado decisões erradas (mas na época se eu soubesse das consequências nem teria feito), e pegar a culpa do mundo para mim. Sim, as vezes sinto que a fome mundial é um pouco culpa minha que não faço algo para mudar e assim por diante, que meu amigo passa necessidades e eu poderia fazer algo mais por ele, ou aquele que esta sofrendo por doença que eu deveria achar a cura para ele. Já imaginou quanta culpa to sentindo? O mais estranho é que nunca fui de ficar assim diante dos problemas e dificuldades diárias!

Enfim...Vou tentar falar com minha ginecologista pois essa situação só piora na TPM. Já adiantei minha consulta com o homeopata, que tinha me ajudado muito e agora o remédio insiste em não querer fazer nada. Mas e se nada der certo? Alguma dica ou truque para eu enganar meu cérebro e fazer com que ele não fiquei me golpeando?

Só para completar, minhas mudanças para melhorar: organizar melhor as coisas para que fiquem sempre claras para eu resolver com mais rapidez, lendo livros que me fazem bem, meus artesanatos, tentando mexer mais aqui no blog e conversando muito com pessoas neutras: que não tem relação com a empresa, e ou família. Buscando e pedindo ajuda quando é relacionado a empresa.

Beijos

3 comentários:

✿ chica disse...

Que bom que desabafaste.Isso é precioso.Não dá pra ficar trancada,pois mal mal faz! Todos temos fases assim, mais ou menos intensas. Bom é saber que realmente tudo passa e é o que te desejo. Não podendo te ajudar, pois estás longe, mas posso servir pra tentar te mandar boas energias e pensamentos! Fica bem, beijos,chica

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Karina.. vi teu blog no da Lu Cavichioli....
os dias de hj estão tumultuados e muitos de nós ao invés depararmos e entrarmos em fluxo com a energia do cara lá de cima.. ficamos brigando com nós mesmos..
eu sou reikiano.. devias procurar algo assim... um reiki..
ouvir audios da Cristina Cairo, ela é maravilhosa..
não sei onde moras mas parece que li que brigas com a balança.. te sugiro que ouça um video no youtube que se chama
curas naturais secretas..
tem videos maravilhosos do programa vida inteligente-
muitos do Hélio Couto..
caso queira links podes entrar em contato comigo ok.. te desejo um lindo dia
lapidandoversos.blogspot.com.br
até sempre

Jeise Borges disse...

É difícil pensar que o tempo mudará as coisas em nossas vidas, a verdade é que aos poucos as coisas se acertam. Quando parece que o mundo vai desmoronar vem uma brisa e muda o rumo de tudo. Que Deus conduza os seus passos. Beijos!